Património Religioso

Capela de Santa Eulália

Capela de Santa Eulália
(Santa Eulália)
Tempo rural de finais do século XII, erguida para celebrar a suposta aparição da Santa neste local.
A capela de Santa Eulália, classificada desde 1982 como imóvel de interesse municipal, passou por várias alterações ao longo do tempo.

Capela das Conchas

Capela das Conchas
(Morgado)
Esta capela fazia parte da antiga Quinta das Índias, no Morgado, dando lugar à urbanização com o mesmo nome. Templo, cuja construção data do século XVIII, sofreu recentemente obras de beneficiação.

Capela Quinta do Caldas

Capela da Quinta do Caldas
(Verdelha do Ruivo)
Recuperada pelo proprietário a Capela da Quinta do Caldas foi erguida em honra de santo António de Lisboa, em data não determinada, presumivelmente já no século XVIII e pertenceu a Frei Bartolomeu dos Mártires.

Capela Santo António

Capela de Santo António
(Verdelha do Ruivo)
Esta edificação esconde um fontanário construído provavelmente no século XVIII, no local onde foi detectada uma nascente para abastecer a Quinta do Caldas. Actualmente é uma pequena capela alusiva a Santo António.

Capela Santo António

Quinta do Convento dos Frades
(Verdelha do Ruivo)
Mandado construir em 1546 por D. Pedro de Alcáçova Carneiro, o fidalgo da Quinta do Caldas, para acolher os frades franciscanos da Ordem dos Frades Menores. Modificado nos séculos XVII a XIX, para ser transformado em habitação.